Bahrein e Quênia vencem São Silvestre 2017

0
0

A 93ª Corrida Internacional de São Silvestre foi marcada por chuva, mas também por uma disputa bastante equilibrada pelo mais alto lugar no pódio entre homens. Depois de um início de prova intenso, o corredor etíope e com naturalidade do Bahrein Dawit Admasu fechou a prova com tempo de 44m17s, e conquistou o bicampeonato da corrida.

No feminino, a vencedora foi a queniana Flomena Cheyech que fechou a prova com tempo de 50min18s. Em 2016, a atletaa do Quênia ficou em segundo lugar.

Com o resultado de 2017, o Brasil segue sem um campeão desde 2010, quando Marílson dos Santos venceu a prova. No feminino, Lucélia Peres foi a última brasileira a subir no ponto mais alto do pódio, em 2006.

Classificação da prova masculina:

1: Dawitt Admasu (ETI) – 44m17s
2: Belay Bezabh (ETI) – 44m33s
3: Edwin Rotich (QUE) – 44m43s
4:  Birhanu Balew (BAH) – 45m06s
5: Paul Kipchumba Lonyangata (QUE) – 45m28s

Classificação da prova feminina:

1: Flomena Cheyech (QUE) – 50min18s
2: Sintayehu Hailemichael (ETI) – 50min55s
3: Birhane Dibaba (ETI) – 50min77s
4: Wude Ayalew Yimer (ETI) – 51min35s
5: Paskalia Chepkorir (QUE) – 51min55s

Comente