Em jogo quente, Voleibol Teruel, do brasileiro Vinicius Noronha vence e segue na cola do líder

0
0

Após vencer o Río Duero Soria, o C.V. Teruel voltou à quadra pela 13ª rodada da Superliga de Voleibol da Espanha, para enfrentar o Ushuaïa Ibiza Voley. Jogando em casa, no Ginásio Municipal de Los Planos, a equipe do brasileiro Vinicius Noronha venceu por 3 sets a 1 (25×15/25×19/12×25 e 25×17).

Com a vitória, o Voleibol Teruel somou três pontos, chega aos 35 pontos e segue na cola do Urbia Voley Palma.

“Começamos muito bem o jogo. Os dois primeiros sets foram os melhores jogados em relação à estatística de toda a nossa temporada. Fomos para a pausa entre o segundo e terceiro set e o time desandou. No mesmo jogo que fizemos os dois melhores sets de toda a temporada, fizemos o nosso pior. Perdemos de 12×25 com números técnicos muito abaixo da nossa média de aproveitamento”, explicou.

Mas foi a partir do terceiro que o jogo esquentou. No final do set, após comemoração provocativa por parte dos jogadores do Río Duero Soria, o clima ficou quente e o árbitro aplicou um cartão vermelho para cada equipe.

“No final do terceiro set, a outra equipe ( especificamente o jogador Salerno, número 5) começou a fazer gestos menosprezando e com falta de respeito em relação a nossa equipe… e foi no que deu! O tempo fechou. Mas, conseguimos voltar ao foco e viramos para o quarto set e fomos capazes de nos recompor e voltar a fazer o que estamos acostumado… a vencer! Independente da conturbação e momentos raros no jogo, o importante foi somar os 3 pontos e manter-nos na parte de cima da classificação. Momentos assim são importantes para o crescimento da equipe. Terminamos o jogo com boas sensações e motivados para o que temos pela frente”, detalhou o líbero brasileiro.

O Voleibol Teruel volta a quadra no próximo sábado (20 de janeiro), às 15h (horário de Brasília), para enfrentar o Textil Santanderina, no Ginásio Matilde de la Torre.

Comente