Quinta, 26 Julho 2012 17:44

Fernando Reis, do levantamento de peso, quer ficar entre os seis melhores em Londres e conquistar medalha no Rio

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

São 142 kg distribuídos em 1,85m. Olhando de fora, Fernando Reis assusta. Principalmente quando está levantando algumas centenas de quilos. Em entrevista após o treinamento desta quinta-feira, 26 de julho, no Crystal Palace, o atleta surpreendeu pelo jeito doce, de menino. E impressionou jogadores de vôlei de praia brasileiros como Alison e Emanuel, que também levantavam peso em seu treino de musculação e observavam, de longe, a performance de Fernando.

São 142 kg distribuídos em 1,85m. Olhando de fora, Fernando Reis assusta. Principalmente quando está levantando algumas centenas de quilos. Em entrevista após o treinamento desta quinta-feira, 26 de julho, no Crystal Palace, o atleta surpreendeu pelo jeito doce, de menino. E impressionou jogadores de vôlei de praia brasileiros como Alison e Emanuel, que também levantavam peso em seu treino de musculação e observavam, de longe, a performance de Fernando.

 Aos 22 anos, ele adora ouvir jazz e blues na hora de relaxar. E, apesar da juventude, já tem os melhores resultados brasileiros da modalidade. Entre eles, um terceiro lugar no Mundial Junior da Bulgária, em 2010, e a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no ano passado, quando bateu o recorde da competição ao levantar 410 kg – soma dos 185 kg no arranque e 225 kg no arremesso, as duas provas do levantamento de peso.

Em Londres, a prova de Fernando, da categoria super-pesado (acima de 105 quilos), será disputada no dia 7 de agosto. Até lá, ele segue sua dura rotina de treinamento no Crystal Palace e planeja voos mais altos. “Se eu ficar entre os seis aqui em Londres, estarei muito feliz. Em 2016, no Rio, quero uma medalha”, disse o atleta.

O objetivo é compartilhado por seu técnico, o cubano Luis Lopez. Ele explica que Fernando ainda é muito jovem e muito leve para o esporte: “O ápice na categoria dele acontece entre 26 e 28 anos. Ele terá exatamente 26 nos Jogos Olímpicos do Rio. Também quero que ele esteja com mais de 150 quilos, já que ele compete com atletas de 170, 180 kg”, explica.

Fernando prefere fazer segredo com relação à marca que pretende alcançar em Londres. Mas garante que vai superar os 410 kg do Pan. “Estou muito mais forte e bem preparado. Mas, quanto vai ser, vocês vão ficar sabendo na hora”, disse, contando que ganhou mais de 40 kg nos últimos dois anos, quando subiu da categoria pesado (até 105 kg) para a super-pesado. Para isso, até no café-da-manhã Fernando costuma bater um prato de feijão, arroz e bife. “No Crystal Palace, como fruta, pão... Mas são de 6 a 8 pães, cinco bananas e por aí vai. Depois que eu alcançar todos os meus objetivos na carreira é que eu vou pensar em emagrecer”.

Tranquilo, Fernando falou sobre sua punição por doping no ano passado, quando foi pego pelo uso da substância efedrina, um estimulante contido em um suplemento alimentar que ele usava regularmente. “Eu tinha usado um mês antes e estava tudo bem. Aí houve uma mudança de regras e passou a não estar mais. Eu nem sabia! Fui punido só nos Estados Unidos, onde faço faculdade de administração, com seis meses de suspensão. A Federação Internacional de Levantamento de Peso me absolveu”, contou o atleta, que ganhou sua medalha de ouro pan-americana três dias depois do fim da suspensão, num dos momentos de grande emoção dos Jogos de Guadalajara.

Lido 97 vezes

Please publish modules in offcanvas position.