Uma ótima prévia para o UFC 214 Cormier x Jones II

0
30

*Fábio Augusto

No  último sábado (22 de julho) tivemos mais uma edição do UFC. O maior  evento de MMA do mundo esteve em Uniondale, Nova York. A principal luta da noite ficou por conta de Chris Weidman que após três derrotas consecutivas para Luke Rochold, Yoel Romero e Gegard Mousasi, reencontrou o caminho das vitórias ao finalizar o americano Kelvin Gastelum no terceiro round. Agora, o ex-campeão e atual quinto colocado no ranking dos pesos meio-médios se coloca como  um dos desafiantes do atual campeão Michael Bisping.

O evento ainda contou com seis brasileiros em ação, que fecharam a noite com 50% de aproveitamento. Godofredo Pepey, Rafael Natal e Thomas Almeida, o Thominhas, foram derrotados respectivamente por Shane Burgos, Erik Anders e Jimmie Rivera. As vitórias ficaram por conta de Junior Albini nocauteando Timothy Johnson e Alex Cowboy também por nocaute passou por cima de Ryan LaFlare, ambos além da vitória faturaram também o prêmio de performance da noite, um bônus de cerca de R$ 157 mil. Por último, Eliseu ‘Capoeira’ dos Santos, derrotou por pontos Lyman Good, faturando o bônus de luta da noite.

Agora Dana White e a alta cúpula do UFC, arrumam as malas rumo à Califórnia, onde no próximo sábado ocorre a edição de número 214, que contará com a disputa de três cinturões.

A brasileira super campeã Cris ‘Cyborg’ com apenas uma derrota na sua primeira luta de MMA da carreira e 17 vitórias, terá pela frente Tonya Evinger de 35 anos e com uma cartel de 19 vitórias e 5 derrotas, na disputas do cinturão peso pena feminino para lutadoras com até 65kg.

O CO-MAIN EVENT será a disputa do peso meio-médio masculino até 77kg. O atual campeão Tyron Woodley, fará sua terceira defesa de cinturão contra o brasileiro Demian Maia que com 39 anos é o atleta brasileiro há mais tempo na organização.  Demian chega para o duelo com uma sequência de sete vitórias consecutivas e a fama de possuir o melhor jiu-jitsu do MMA mundial.

Fechando o evento acontecerá a revanche mais esperada do ano. Daniel ‘DC’ Cormier, atual campeão meio-pesado com até 93kg, terá pela frente Jon ‘Bones’ Jones. Na primeira luta realizada em janeiro de 2015, deu Jon Jones por decisão unânime. Agora após três anos se enfrentam novamente com histórico diferente dentro da organização.

Jon Jones foi expulso do UFC em abril de 2015 após provocar um acidente de trânsito e fugir sem prestar socorro. Retornou ao octógono em 2016 vencendo por pontos Ovince St. Preux, porém, no exame antidoping foi flagrado com substância proibidas (bloqueadores de estrogênio) sendo suspenso por mais um ano dessa vez pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos). Nesse mesmo período ‘DC’ esteve em ação três vezes, vencendo o sueco Alexander Gustafsson, o americano Anthony Jhonson nas duas defesas de cinturão e a lenda Anderson Silva no UFC 200, luta que ficou marcada por conta do brasileiro aceitar substituir Jon Jones com apenas dois dias de antecedência.

Os lutadores farão o que para os fãs tem tudo para ser a principal luta do UFC em 2017. Jon Jones nunca foi derrotado,  o único revés aconteceu por um golpe irregular durante  luta contra Matt Hamil, além disso não é mais o campeão devido aos problemas foda o octógono. Daniel Comier venceu todos os seus oponentes com exceção de Jon Jones. Com um duelo dessa magnitude os sites de apostas estão a todo vapor, o site Sportsbook, aponta – 300 contra + 210, ou seja o apostador precisa apostar US$ 300 para ganhar US$ 100 na vitória de Comier, caso a aposta seja em Jones, o site pagará US$ 210 para cada US$ 100 apostado.

Faça já sua aposta…

*Repórter esportivo da Equipe Gol de Placa, Nova Estação

Comente