Vôlei Nestlé estreia na Superliga diante o Hinode, adversário da final do Campeonato Paulista

0
0

O Vôlei Nestlé estreia na Superliga 2017/18 contra o Hinode nesta terça-feira (17), às 19h30, no ginásio José Correa, em Barueri. O confronto será um repeteco da final do Campeonato Paulista, disputada há quatro dias, na sexta-feira (13), no José Liberatti, onde cerca de 4 mil pessoas fizeram a festa com a conquista do hexacampeonato estadual pela equipe de Osasco. Agora, Tandara, Bia e Fabíola querem superar novamente o adversário para iniciar a competição nacional com o pé direito.

O ginásio José Correa traz boas recordações para o Vôlei Nestlé. Na abertura da série final, dia 7 de outubro, visitou o adversário e venceu por 3 sets a 0. Porém, ninguém na equipe de Osasco espera moleza em Barueri.

“Sabemos que ainda apresentamos altos e baixos. Também sabemos que resolveremos isso com muito trabalho e tempo de quadra, pois temos um grupo renovado em relação a temporada passada. O Hinode sabe jogar bem taticamente e a nossa vitória por 3 a 0 no primeiro jogo decisivo foi atípica. Esperamos dificuldades do nível do confronto da última sexta-feira, o qual nos superamos e conquistamos o título”, avalia a central Bia.

Para o técnico Spencer Lee, vale o aprendizado do Campeonato Paulista para evoluir na Superliga.

“O poder de superação mostrado na final do Estadual, a raça e união das atletas é um saldo extremamente positivo. Agora, é manter esse espírito e seguir em busca do aprimoramento técnico e tático a fim de que o Vôlei Nestlé faça uma grande Superliga e se mantenha como um dos protagonistas, como nos últimos anos”, afirma o treinador, que comandou a equipe de Osasco na conquista do hexacampeonato enquanto Luizomar de Moura esteve à frente da seleção do Peru.

Após a estreia fora do José Liberatti, a fanática torcida de Osasco reencontrará as campeãs paulistas na sexta-feira (20), quando fazem o primeiro jogo em casa pela Superliga 2017/18 contra o Renata Valinhos/Country, às 19h30, pela segunda rodada da competição.

“Estamos muito felizes por ter dado esse presente aos nossos fãs com o título estadual e continuaremos contando com a força das arquibancadas na Superliga. A torcida é nosso sétimo jogador em quadra, sempre”, completa Bia.

Comente