ABDA conquista bronze nos 3.000m com obstáculos do Brasileiro Sub-23

0
22

A Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA) participou no último final de semana (4 e 5/9) do Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-23, na cidade de Bragança Paulista (SP), no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo.

A competição organizada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), realizada sem presença de público e seguindo protocolos sanitários contra a pandemia de covid-19, reuniu os melhores nomes da categoria do país e também serviu de oportunidade para atletas de base adquirirem experiência.

Os principais destaques da ABDA na competição foram Jeovana Fernanda Santos (Foto), medalha de bronze nos 3.000m com obstáculos; Cleverson Junior, 4º lugar nos 400m rasos; Ana Cecília de Oliveira, 4º lugar nos 100m rasos; Ana Beatriz Trajano, 6ª colocada nos 5000m e 8ª nos 1.500m; e Ana Beatriz Aureliano, 6ª colocada no salto em altura, com 1,55m.

Outros finalistas na competição foram Victor Ramos, que ficou 7° lugar no salto em distância e Luiz Guilherme, 8° lugar no lançamento de dardo.

Outras provas A atleta Taisa Rodrigues foi em 15° lugar nos 1.500 metros rasos. Nos 100m rasos, Diogo Pereira foi até a semifinal, ficando na 4ª colocação, e Sivaldo Machado Jr. disputou as eliminatórias, ficando em 6º lugar na série. O atleta ainda disputou os 200m, onde ficou em 4º lugar da série na semifinal por tempo.

Samuel Vinícius ficou em 6º lugar na semifinal por tempo dos 400m rasos e o revezamento 4x100m masculino da ABDA, composto pelos atletas Luiz Guilherme, Samuel Vinícius, Cleverson Junior e Diogo Pereira, ficou com a 9º colocação geral.

O técnico Neto Gonçalves destacou o alto nível técnico da competição e avaliou o desempenho da equipe ABDA.

“O campeonato contou com vários grandes resultados até de nível internacional, onde tivemos atletas batendo recorde da categoria. Essa é uma categoria muito importante por ser a transição da base para adulto. Nossos atletas se mantiveram entre os primeiros colocados, mantendo nível competitivo. Tivemos também atletas mais jovens chegando entre os primeiros colocados. Foi uma participação satisfatória.”

Próximos desafios – O treinador pontuou que o foco agora é a preparação para as próximas competições nacionais e internacionais.

“Agora vamos trabalhar para a última competição nacional do ano, que será realizada em Cascavel (PR), o Campeonato Brasileiro Sub-16. Temos também o atleta Samuel Vinicius, classificado para disputar o Campeonato Sul-Americano Sub-18 e pretendemos ainda buscar classificações para competições internacionais na categoria sub-23”, explicou.

O Campeonato Brasileiro Sub-23 recebeu segundo a CBAt inscrições de atletas de 132 clubes, de 22 Estados e do Distrito Federal e também serviu para definir os representantes do Brasil no Campeonato Sul-Americano da categoria, em Guayaquil, no Equador.

A ABDA conta com o auxílio de seus parceiros: Zopone Engenharia e Comércio LTDA., Z-Incorporações, CVC, Pernambucanas, Sabesp, Isa Cteep, Gasbrasiliano, Unimed Bauru, Lei de Incentivo ao Esporte, Ministério da Cidadania – Secretaria Especial do Esporte, Semel e Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).

Comentar