Atletas do Galo Futebol Feminino retomam treinamentos presenciais

0
33

Visando retomar as atividades, atletas e comissão técnica do Galo Futebol Feminino realizaram testes da Covid-19, com a equipe do hospital Mater Dei. Após resultados dos exames, o elenco feminino retornou as atividades presenciais.

A primeira partida das Atleticanas nessa retomada dos jogos será contra o Vasco, no dia 25 de outubro, no Rio de Janeiro.

“Elas estão em um período de quarentena, em um hotel. A gente faz uma primeira testagem para identificar uma possibilidade de Covid e, depois de uma semana, fazemos uma nova testagem. Estando tudo normal, elas retornam aos treinamentos”, informa o médico Haroldo Aleixo.

O técnico do Galo FF, Hoffmann Túlio, comentou a volta às atividades presenciais.

“Estamos seguindo o protocolo que foi desenvolvido pelo nosso departamento médico e treinando em grupos separados nesse início. Teremos dois meses de preparação para o nosso próximo jogo, contra o Vasco. Neste primeiro momento, estamos voltando com as capacidades físicas das atletas, trabalhos de força e resistência, e tomando muito cuidado com lesões musculares, pois elas ficaram muito tempo paradas. Vamos aproveitar bem esses dois meses para chegar bem no jogo contra o Vasco”, destacou.

Segundo ele, os trabalhos remotos realizados foram de suma importância para que as atletas mantivessem o condicionamento físico.
“Elas estavam treinando todos os dias por vídeo conferência, sempre às 9h da manhã, todas as atletas treinando. Na reapresentação das atletas, chegamos à conclusão que não evoluímos tanto, mas não perdemos demais. O percentual de gordura e a capacidade aeróbica ficaram dentro da média, então, os trabalhos foram muito proveitosos nesse período”, disse.
Hoffmann Túlio afirma que o time alvinegro estará pronto para retomar com bastante força a disputa do Brasileiro A2.
“Acredito que sim, são dois meses. No futebol, a gente não tem tempo, o treinador que pedir tempo no futebol comete uma loucura. Então, se está ruim para mim, está ruim para o Gláucio, do Botafogo, está ruim para todo mundo. Não vou lamentar, vou dizer que é o tempo necessário e que vamos conseguir fazer um bom trabalho. Esse grupo voltou diferente, elas estão com a cabeça bem diferente e estou muito contente”, comentou.
O treinador concluiu falando sobre a retomada gradativa dos treinamentos:
“Ainda estamos evitando ir para o campo, estamos de uma forma mais reduzida, mas, a partir de amanhã, a gente faz um trabalho um pouco maior. Gerando adaptações, no momento certo, elas vão progredindo e a gente vai encontrando o melhor caminho”.
Em sua estreia no Brasileiro A2 , o Galo Futebol Feminino empatou sem gols com o Vila Nova (ES), em jogo disputado na Arena Independência. As Atleticanas estão no Grupo E da competição, ao lado de Vila Nova (ES), Botafogo (RJ), Vasco (RJ), Goiás (GO) e Real Brasília (DF).
Comentar