Futebol Social: Seleção brasileira embarca para o México em busca do tetracampeonato

0
47

As seleções brasileiras de futebol social, feminina e masculina, estão na reta final de treinos para a Copa do Mundo de Futebol Social – Homeless World Cup. A edição de 2018 do torneio está marcada para o período entre 13 e 18 de novembro, na Cidade do México. Os últimos preparativos serão realizados nesta sexta-feira (9) e na manhã de sábado (10), no Clube Atlético Paulistano, em São Roque (SP). No início da tarde, os 15 selecionados, oito garotas e sete garotos, viajam para São Paulo e embarcam para o México.

“Os dias de treinamento em São Roque têm sido bem produtivos. Nossos jovens atletas se demonstraram bem focados nos treinos táticos e técnicos realizados diariamente. Optamos por treinar em dois períodos, manhã e tarde, em um curto tempo, porém com bastante intensidade. Os jogadores estão super ansiosos, mas bastante empolgados e determinados”, destaca Pupo Fernandes, treinador da seleção masculina de futebol social. Na chave principal do torneio o Brasil é tricampeão – 2010, 2013 e 2017 -, na feminina o País tem um título, conquistado em 2010.

“Nestes dias, os atletas puderam se conhecer melhor e, durante o período de concentração, tanto as garotas, quanto os garotos, estão em uma sintonia bem bacana. Sempre sorridentes e brincando de forma descontraída uns com os outros, o que é muito importante para a auto-estima e confiança deles, não só como jogadores de futebol, mas também como pessoas, já que estão vivendo momentos únicos graças ao esporte. Está sendo bem gratificante trabalhar com eles e esperamos que, ao chegar no México, tudo que treinaram dentro de quadra dê bons frutos no torneio”, finaliza Pupo.

Ao todo, 500 atletas de 42 países participam da edição de 2018 da Homeless World Cup. O torneio terá 40 seleções na chave principal (masculina/mista) e 16 na chave exclusivamente feminina. As seleções confirmadas são: África do Sul, Alemanha, Áustria, Bósnia, Brasil, Bulgária, Chile, Colômbia, Coréia do Sul, Costa Rica, Croácia, Dinamarca, Egito, Escócia, Eslovênia, EUA, Finlândia, França, Grécia, Guatemala, Hong Kong, Hungria, Índia, Indonésia, Inglaterra, Irlanda, Irlanda do Norte, Itália, Lituânia, México, Noruega, País de Gales, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Quirguistão, Romênia, Rússia, Suécia, Suíça e Zimbábue.

As seleções feminina tem as seguintes jogadoras: Vanessa Santos (Independente FC) e Micaelly Ferreira (CAP Paranoá), ambas de Brasília; Beatriz Guimarães e Patrícia Alves (do Sambaituba FC/São Vicente A.C), ambas de Santos; Rayssa Arcoverde (Padre Miguel) e Thayane Higino e Ana Beatriz Santos (ambas Pereirão), as três do Rio de Janeiro; e Michele Sales (Babys Araçariguama), de Araçariguama (SP).

O time masculino é formado pelos atletas: Matheus Lopes (Jaguaré) e Daniel Lima (Garotos Bonge), ambos de São Paulo; Luis Eduardo Souza (Pereirão) e Richard Miranda (Padre Miguel), os dois do Rio de Janeiro; Igor Alessandro (Bola da Vez), de Sorocaba (SP); Ítalo Felipe Lopes (ADESF), de Santo Antônio do Descoberto (GO); e Cleisson Souza (União Recreativo Areal), de Brasília. O carioca José Neto (Complexo do Alemão) estava no grupo, mas não viajará com o grupo por conta de questões pessoais.

Comentar