Liga das Nações: Seleções masculina e feminina definidas

0
13

As comissões técnicas das seleções brasileiras feminina e masculina definiram nesta segunda-feira os grupos que estarão em Rimini, na Itália, para a disputa da Liga das Nações (VNL).

A competição terá início no dia 25 deste mês no naipe feminino, e no dia 28, no masculino, e será realizada em sistema de bolha, considerado mais seguro para todos em função da pandemia da COVID-19.

O técnico José Roberto Guimarães definiu o grupo com 18 atletas para a viagem da próxima quinta-feira (20/05).

São elas as levantadoras Dani Lins, Macris e Roberta; as opostas Sheilla, Lorenne e Tandara, a oposta/ponteira Rosamaria; as centrais Carol Gattaz, Bia, Adenízia, Carol, Mayany; as ponteiras Ana Cristina, Gabi, Natália e Fernanda Garay, e as líberos Camila Brait e Nyeme.

Na seleção masculina, o técnico interino, Carlos Schwanke, que dirige a seleção masculina enquanto Renan se recupera da COVID-19, definiu junto a comissão técnica que o grupo irá para a Itália com 16 atletas no embarque do próximo domingo (23.05).

Os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Wallace, Alan e Felipe Roque; os centrais Maurício Souza, Flávio, Isac e Matheus; os ponteiros Maurício Borges, Lucarelli, Leal, Douglas e Vaccari e os líberos Thales e Maique.

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) liberou a troca de até seis atletas em uma janela que irá acontecer logo depois da terceira rodada. A seleção feminina optou por não realizar nenhuma troca – estará com o grupo completo em tempo integral – e a masculina fará duas trocas.

O central Lucão fica no Brasil para acompanhar o nascimento da filha. Ele e o ponteiro João Rafael seguem em treinamento e chegam para a reta final do campeonato nos lugares de Matheus e Vaccari, respectivamente.

Comentar