Marcelinho Machado encara Bauru, do irmão Duda, e chega a 300 jogos pelo Flamengo no NBB

0
175

Em sua última temporada como profissional, Marcelinho Machado vem vivendo emoções diferentes: em partidas pelo NBB 10 país afora, o ala tem sido homenageado por onde passa, recebendo o carinho de torcedores e clubes adversários. Na partida deste sábado, dia 17, contra Bauru (SP), às 14h (horário de Brasília), na Arena Carioca 1, não vai faltar emoção também. Mas será diferente, não por uma homenagem, mas pela possibilidade de ser o último confronto diante do irmão caçula, Duda.

Além disso, o capitão chega a 300 partidas na história do NBB e ao 499° jogo oficial com a camisa rubro-negra – o que deve acontecer diante do Minas, no dia 3 de março, no Rio de Janeiro. Sobre o jogo contra o atual campeão nacional, o discurso vai muito além do respeito ao adversário.

“É mais um jogo nessa fase de classificação, mas é um jogo diferente para mim… Do outro lado vai estar uma grande equipe, mas vai estar também o meu irmão, alguém que sempre conviveu comigo, que é meu amigo, está sempre do meu lado, sempre torcendo e me incentivando… Somos muito ligados. Enfrentar ele não é uma novidade, mas a possibilidade de que seja o último confronto, faz com que a partida seja ainda mais especial. Que seja um grande jogo e que ele respeite o irmão mais velho”, brincou Marcelinho, cestinha da vitória sobre Franca na última quinta-feira, dia 15, com 20 pontos (seis bolas de três).

Sobre a marca de 300 partidas no NBB (5.575 pontos / média de 18,6), motivo de orgulho.

“É um número expressivo. Não é um número qualquer, são 300 jogos vestindo a camisa do Flamengo, representando esta ‘Nação’ e isso me enche de orgulho. São dez anos de NBB, cinco títulos, muitos jogos importantes, uma marca com um significado muito forte. Fico feliz por estar escrevendo mais essa página no livro da minha carreira”, afirmou.

Em sua 11ª temporada como profissional do Flamengo – chegou à Gávea em 2007 após a conquista de sua terceira medalha de ouro em Jogos Pan-Americanos, no Rio -, Marcelinho, que completa 43 anos em 12 de abril, já marcou 10.583 pontos em 499 partidas oficiais (21,20 pontos de média), liderando a equipe nas conquistas do decacampeonato do Campeonato Estadual (2016-2007), do Campeonato Brasileiro (2008), do pentacampeonato do NBB (2016-2015-2014-2013-2009), da Liga Sul-Americana (2009), da Liga das Américas (2014) e da Copa Intercontinental (2014), além de outros momentos importantes e diversos prêmios individuais.

Comentar