Mundial de Esgrima: Atletas buscam classificação para Tóquio

0
193

De 15 a 18 de julho no BOK Sports Hall em Budapest, Hungria, acontece o Campeonato Mundial de Esgrima. Esta é uma das mais fortes competições de esgrima que compõem o calendário internacional da FIE – Internacional Fencing Federation.

Tradicionalmente, essa competição atrai a participação dos atletas mais bem ranqueados nas três armas e, neste ano, em virtude da corrida para a classificação olímpica não será diferente.

Nessa edição do Campeonato Mundial está prevista a participação de 189 espadistas femininas e 231 masculinos, 162 sabristas masculinos e 148 femininas, 146 floretistas femininas e 193 masculinos .

Os atletas brasileiros disputam esse campeonato em busca de melhor classificação no ranking internacional e, alguns deles, uma maior chance de classificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Os brasileiros com melhores perspectivas de classificação são Nathalie Moellhausen pela Espada Feminina Individual e Guilherme Toldo, pelo Florete Masculino Individual. Para as vagas das provas por equipe, seguem firme na busca pela chance olímpica os atletas das equipes de Florete Masculino e Espada Feminina.

Os atletas brasileiros que vão participar do Campeonato Mundial de Esgrima em Budapest são:

Espada Feminina

Amanda Simeão Netto – Individual e equipe
Nathalie Moellhausen – Individual e equipe
Victoria Vizeu – individual
Katherine Miller – equipe

Espada Masculina
Athos Schwantes – Individual e equipe
Alexandre Camargo – Individual e equipe
Fabrizio Lazaroto – Individual e equipe

Florete Feminino

Ana Beatriz Bulcão – Individual e Equipe
Mariana Pistoia – Individual e Equipe
Gabriela Cecchini – Individual e Equipe
Ana Toldo – Individual e Equipe 

Florete Masculino
Guilherme Toldo – Individual e Equipe
Heitor Shimbo – Individual e Equipe
Henrique Marques – Individual e Equipe
Julien Baneux – Individual e Equipe 

Sabre Feminino
Giulia Gasparin – Individual

Comentar