Oeste vence Guarani e segue invicto no Campeonato Brasileiro Série B

0
37

No duelo entre times que abriram a Série B do Campeonato Brasileiro com empate, o Oeste dominou o Guarani e conquistou a primeira vitória na competição neste feriado de 1º de maio. Em casa, o Rubrão contou com os gols de Elvis e Bruno Paraíba, um em cada tempo, e venceu por 2 a 0. O Bugre perdeu um pênalti, com Diego Cardoso, quando o placar estava 1 a 0, e reclamou de outro não assinalado pela arbitragem quando os times estavam no 0 a 0.

Elvis se acostumou a fazer gol no Guarani. Antes de colocar no ângulo direito de Giovanni na partida desta quarta-feira, o meia já havia balançado as redes bugrinas em janeiro, pela terceira rodada do Paulistão. Na ocasião, o meia superou Giovanni com uma cavadinha e abriu caminho para a vitória do Oeste por 2 a 1, no Brinco de Ouro. O relato se deu na voz de Roberto Andrade, enquanto que os detalhes dos gols ficaram à conta do repórter Diego Bonetti​.

Vinícius Eutrópio inaugurou uma nova era no futebol brasileiro: a dos técnicos expulsos por cartão. O treinador do Guarani recebeu dois amarelos durante a partida contra o Oeste, nesta quarta-feira, em Barueri, e foi punido pelo árbitro Elmo Alves Resende Cunha. Ele foi expulso aos sete do segundo tempo e acompanhou o fim da partida do camarote.

Domínio completo do time da casa nos 45 minutos iniciais em Barueri. O Oeste ditou o ritmo da partida desde o começo e impediu qualquer ação ofensiva de perigo do Guarani – que reclamou, com razão, de um pênalti em Diego Cardoso aos 11 minutos do primeiro tempo, quando o jogo ainda estava 0 a 0. Reclamações do adversário à parte, o Rubrão aproveitou rebatida dentro da área e viu Elvis acertar o ângulo direito de Giovanni para abrir o placar e dar tranquilidade à equipe de Renan Freitas.

O Guarani voltou com uma troca (Eder Luis no lugar de Arthur Rezende) que deu mais mobilidade ao ataque. O time passou a assustar o Oeste e, mesmo após a expulsão de Vinícius Eutrópio, criou sua principal oportunidade. Felipe Amorim sofreu pênalti que Diego Cardoso bateu para fora. Sobrou até para o repórter Abdiel​.

Sem confiança após o erro do camisa 9, o Bugre deu mais liberdade ao adversário, que fechou o placar com Bruno Paraíba, livre no meio da área. Golaço!

O Oeste chega aos quatro pontos, atrás do líder Botafogo-SP, e sobe na tabela. Já o Guarani, que havia empatado com o Figueirense na abertura, segue sem vencer, com apenas um ponto, e provavelmente ficará na parte inferior da tabela mesmo com o complemento da rodada.

Comentar