Scheidt vence três regatas e conquista título paulista da Classe Star, no domingo de Páscoa

0
49

Robert Scheidt é campeão paulista da Classe Star 2018. Ao lado de Arthur Lopes, o bicampeão olímpico ganhou as três regatas disputadas neste domingo de Páscoa (1), no Yacht Club Santo Amaro, em São Paulo, e conquistou o título da competição estadual. O segundo lugar ficou com Torben Grael, seguido por Dino Pascolato. “É bom voltar a vencer depois de dois vices seguidos”, disse o iatista, lembrando das medalhas de prata na SSL Finals, em dezembro de 2017, e da Bacardi Cup, no início de março.

Scheidt conhece bom a represa de Guarapiranga. Formado no Yacht Club Santo Amaro, o bicampeão olímpico voltou a disputar regatas em sua cidade natal após cinco anos. “Competir no YCSA novamente é uma alegria muito grande. Em função do ciclo olímpico da Rio 2016, treinei muito no Rio de Janeiro nos últimos anos. Por tudo isso, essa volta, e com título, é realmente um momento muito especial”, afirmou o maior medalhista do Brasil, com cinco pódios, e que tem patrocínio do Banco do Brasil, Rolex e apoio do COB e CBVela.

Velejando com o barco de Arthur Lopes, Robert iniciou o domingo de Páscoa na liderança do Estadual. Mantendo a regularidade nas provas de sábado (31), cruzou a linha de chegada na segunda colocação em todas. “Tivemos um dia maravilhoso neste domingo de Páscoa. Muito sol e vitória nas três regatas. O vento foi aumentando, a primeira prova com vento fraco, a segunda médio e a terceira forte. A primeira foi bem disputada, porque viemos de trás e conseguimos recuperar. As outras duas, ganhamos do início ao fim. O Arthur fez um excelente trabalho na proa e a gente se entrosou bem rápido. Resumindo, estamos muito felizes”, completou Scheidt.

Temporada na Star – O grande objetivo de Scheidt na Star, em 2018, é a SSL Finals, em dezembro, nas Bahamas, competição a qual conquistou a medalha de prata em 2017, ao lado do proeiro Henry Boenning, o Maguila. “No segundo semestre, vou encaixar o Campeonato Sul-Americano, no Rio de Janeiro, em novembro. Mas pode ser que eu ainda entre em mais competições. Tudo vai depender da agenda”, revela Robert.

Carreira vitoriosa – Robert Scheidt tem duas medalhas de ouro olímpicas (Atlanta/96 e Atenas/2004 e uma prata (Sidney/2000) na classe Laser, mais uma prata e um bronze na Star (Pequim/2008 e Londres/2012). Ao todo, são 11 títulos mundiais na Laser e três na Star. Na Rio/2106, terminou na quarta colocação. Scheidt tem patrocínio do Banco do Brasil e Rolex e apoio do COB e CBVela.

Comentar