EC Pinheiros conquista Grand Prix Nacional de Judô

0
18

Depois de ser campeão no Troféu Brasil, os atletas pinheirenses também garantiram título no Grand Prix Nacional de Judô, disputado em Brasília nos dias 22 e 23 de setembro. A competição reuniu judocas de 12 clubes que lutaram pelo título de melhor equipe mista do Brasil.

Está é a segunda edição do Grand Prix por equipes nacional no formato misto, como será em Tóquio 2020 (até 2017, era disputado de forma separada: uma etapa feminina e outra masculina). O Grand Pix

O Pinheiros levou 12 atletas para disputar a competição: Rubens Filho, Giovani Henrique e Rafael Carlos da Silva (+90kg), Eduardo Yudy (-90kg) e Adriano Ricardo e Charles Chibana (-73kg). No feminino, o Clube foi representado por Sibilla Faccholli e Maria Suelen (+70kg), Ellen Santana e Meire Elen Cornelio (-70kg) e Ketelyn Araujo Nascimento e Vitória Andrade (-57kg).

Para chegar à final, o Pinheiros contou com os pontos da sua nova geração de judocas para superar a Sogipa por 4 a 1 na semifinal, com vitórias de Ketelyn Nascimento (57kg), Ellen Santana (70kg) e Giovani Ferreira (90kg).

O quarto ponto pinheirense nesta semifinal foi a vitória de Maria Suelen Altheman (+70kg) por fusen-gachi, uma vez que a Sogipa não escalou ninguém no pesado feminino. Antes disso, o time do Pinheiros havia vencido o Paulistano por 4 a 0.

A grande final do GP 2019 foi entre Pinheiros x Instituto Reação, repetindo a final de 2018.  Ellen Santana disputou a segunda luta e deixou o placar igual 1×1. Na terceira luta, Giovani Henrique desempatou o placar e deixou o Pinheiros na frente 2×1.

Maria Suelen venceu por ippon e deixou a disputa entre os clubes faltando apenas um ponto para o Pinheiros ser campeão. O combate que podia garantir o título estava nas mãos de Eduardo Yudy, atleta que conquistou o ouro no Pan de Lima, que com um sensacional ippon, garantiu a vitória e o título para o Pinheiros.

Comentar