Tênis: Marcelo Melo volta ao topo do mundo

0
0

O final de semana foi de muita comemoração para o mineiro Marcelo Melo. Ele entrou na quadra no domingo (5), junto com o parceiro polonês Lukasz Kubot, para conquistar o título do Masters 1000 de Paris e, com o resultado reassumiu a liderança do ranking mundial individual de duplas – posição que já ocupou nesta temporada, após o inédito título do torneio de Wimbledon.

Melo soma 8.510 pontos no ranking divulgado nesta segunda-feira (6), mesma pontuação de Kubot, mas está na ponta por ter disputado um torneio a menos. Ele foi o primeiro brasileiro a liderar nas duplas, quando assumiu o número 1 em novembro de 2015. Ficou 19 semanas na frente, mais três semanas em maio do ano passado e outras cinco semanas em julho deste ano.

A semana na capital francesa também trouxe a confirmação da dupla Melo/Kubot como número 1 do mundo. Assim, eles disputam o ATP Finals, que encerra a temporada e reúne as oito melhores parcerias do ano, como cabeças de chave 1 e principais favoritos ao título, ganhando inclusive um bônus por essa colocação.

O Finals será realizado a partir do dia 12 em Londres, na Inglaterra. Na Corrida para Londres, Melo e Kubot somam 8.600 pontos no ranking, contra 7.330 da dupla segunda colocada, o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers.

Comente