Bia ‘The Beast’ Ferreira disputa sua 3ª luta no boxe profissional dia 1º de julho

0
22

No último domingo, 25 de junho, Beatriz Ferreira embarcou para Sheffield- Inglaterra, onde disputará a sua 3ª luta no boxe profissional pela matchroom boxing. “The Beast” como é conhecida no profissional embarcou ao lado do seu pai Raimundo Oliveira “Sergipe”, seu head coach Mateus Alves, e o fisioterapeuta Lucas Salles.

No dia 1º de julho, em Sheffield, Reino Unido, Bia “The Beast” Ferreira, vai enfrentar a experiente boxeadora mexicana Karla Ramos Zamora que vem de uma sequência de 3 vitórias, 1 empate e uma derrota, em suas últimas lutas, já a brasileira vem invicta com 2 lutas e 2 vitórias desde que estreou no boxe profissional.

Diferente das demais lutas da brasileira (4 e 6 rounds respectivamente), a terceira no profissional será de 8 rounds de 2 minutos e 1 de descanso. 

“Estou me sentindo muito bem, estou preparada, é a minha terceira luta no profissional, estou bastante ansiosa, é contra uma adversária bem difícil, uma mexicana, que vai pra dentro, mas estou pronta, me sentindo forte e confiante para trazer mais essa vitória para mim e para o Brasil”, disse a brasileira.

Neste combate Bia Ferreira terá uma presença ilustre e que com certeza dará uma energia a mais para trazer mais um triunfo. Sergipe que já assistiu a filha lutar de perto em dois campeonatos no boxe olímpico, embarcou junto com a filha para a luta no profissional. O pai e treinador de Bia Ferreira, não estará lá somente para assistir, ele vai subir no corner junto com Mateus Alves e vai instruí-la durante seu 3º combate. 

“É a primeira vez que meu pai vai estar me acompanhando na luta profissional e pela terceira vez na minha carreira ele vai estar me vendo lutar. Estou muito feliz de estar levando ele, vou estar com meu corner bem preparado, Mateus e meu pai, então confiança vai estar batendo lá em cima, estou muito feliz com isso, espero da show lá pra eles, para voltarmos bem felizes para o Brasil.”, concluiu Bia Ferreira. 

Pai da Bia Ferreira comenta a emoção de viver esse momento e de estar junto com a filha em seu 3º combate. 

“Estou muito feliz de estar com a Bia na sua 3ª luta no boxe profissional. Estou muito contente e a gente tende a chegar ainda mais forte lá, porque o paizão está indo junto. Estou feliz, é a primeira vez que estou tendo essa oportunidade, então vamos mais forte do que nunca”.

Bia Ferreira é a única atleta de boxe no Brasil a ter carreira híbrida compete no olímpico e no profissional. Depois da 3ª luta o foco será garantir a vaga para os Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Comentar