Giullia Penalber embarca para a sua primeira edição de Jogos Mundiais Militares

0
21

Durante está semana os atletas que representarão o Brasil na 7ª edição dos Jogos Mundiais Militare, começam a embarcar para Wuhan, na China, país que será sede da competição entre os dias 18 a 27 de outubro. O torneio militar como toda edição de jogos, acontece de quatro em quatro anos.

Giullia Penalber (categoria 57Kg) será uma das brasileiras representantes do Wrestling em solo chinês. A atleta foi representantes da Marinha entre 2010 e 2013, quando era do judô e no último ano, em 2018, retornou as forças armadas como atleta de Wrestling.

Os Jogos Mundiais Militares é a maior competição esportiva do mundo militar, conta com os principais atletas em disputa. As forças armadas é hoje uma das principais incentivadoras dos atletas que representam. Giullia é uma das privilegiadas de fazer parte desse time.

“O jogos militares é de grande importância para as forças armadas, que nos fornecem o apoio necessário para seguirmos treinando e competindo com qualidade e uma certa tranquilidade. Então é o momento de representarmos a nossa pátria e mostrarmos ao mundo que o Brasil é uma potência esportiva militar também”, disse Giullia Penalber

A brasileira vem de resultados históricos com o Time Brasil, é a atual campeã brasileira, conquistou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima e terminou em 8º lugar no Campeonato Mundial de Nur Sultan, o melhor resultado entre os brasileiros que disputaram a competição.

Giullia Penalber fez uma preparação de uma semana no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) e com os bons resultados obtidos nas últimas competições, a brasileira embarca para China, com boa expectativa e confiante para trazer um bom resultado para o país em sua primeira edição de Jogos Mundiais Militares.

“Nunca fui a um Jogos Militares, mas sei que é um campeonato bem forte. Outros países também possuem um programa para atletas de alto rendimento e só estarão os melhores. Espero aplicar o que venho treinando, fazer tudo que puder para conquistar uma medalha para a Marinha e para o Brasil”, disse a brasileira que atualmente é a 11ª do ranking mundial.

A brasileira embarca nesta terça-feira, 15 de outubro, onde fará alguns dias de aclimatação e ajustes finais para a sua estreia que acontece no dia 22.

Comentar