Vôlei Osasco-Audax e Barueri decidem vice-liderança do Paulista nesta sexta-feira (12)

0
16

Na noite de sexta-feira, 13 de agosto de 2017, o torcedor osasquense comemorava o hexacampeonato paulista de sua equipe, após a vitória sobre o Hinode Barueri. Um ano depois, os dois times voltam a se enfrentar em um jogo com clima de decisão. O Vôlei Osasco-Audax encara o adversário em busca da vitória para fechar a fase de classificação do estadual 2018 na vice-liderança, condição que garante a vantagem do mando de quadra nas semifinais, quando os dois times deverão se enfrentar novamente.

O duelo desta sexta-feira (12) será no ginásio José Liberatti, a partir das 21h30, com transmissão do Sportv 2.

Para garantir a segunda colocação de forma direta, o Vôlei Osasco-Audax precisa derrotar o Hinode Barueri por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1, resultado que vale três pontos. Com isso, ultrapassa o adversário, atual vice-líder, que hoje soma um ponto a mais na tabela (8 a 7).

Caso o triunfo das comandadas de Luizomar seja por 3 a 2, os dois times terminarão a fase de classificação empatados na pontuação e em número de vitórias, deixando a decisão por conta dos critérios de desempate. Os números apontam equilíbrio. Osasco e Barueri estão iguais nos quesitos sets ganhos (9), sets perdidos (6) e set average (1.5).

“Será um jogo muito importante. Estamos trabalhando para melhorar o ritmo de contra-ataque e diminuir erros. Claro que sacar bem é sempre fundamental, porque dificulta a recepção do adversário e favorece nosso bloqueio e defesa. Enfim, o objetivo é jogar bem técnica e taticamente para conquistar essa vitória e garantir o segundo lugar na tabela”, avalia a central Walewska.

A líbero Camila Brait também ressalta o tamanho da vantagem de decidir em casa nas semifinais. “Jogar no Liberatti faz toda a diferença. Nenhum time conta com uma torcida como a nossa, que nos incentiva do início ao fim. Treinamos muito e estudamos o time delas para fazer uma boa partida, mostrar evolução e ganhar”.

Para Angela Leyva, a força de vontade do time fará a diferença. “Sabemos que vai ser um jogo difícil, mas vamos entrar em quadra com muito ânimo, muita disposição para dar o nosso melhor e vencer essa partida decisiva no encerramento da primeira fase do estadual”, analisa a ponteira peruana, que fará a terceira partida no Campeonato Paulista (ficou fora das duas primeiras rodadas em função de prazos de liberação de documentação).

Na rodada passada, a primeira diante da torcida no José Liberatti, teve atuação destacada diante do Sesi Bauru, com 12 pontos. As maiores pontuadoras de Osasco no confronto foram Mari Paraíba e Lorenne, com 19 cada.

Além da conquista do título estadual 2017, Osasco bateu o Hinode em mais quatro oportunidades na Superliga 2017/18, sempre pelo placar de 3 sets a 1. Foram dois resultados positivos na fase de classificação e mais dois nas quartas de final, com jogos alternados no ginásio osasquense e na quadra do adversário.

“Barueri é um adversário importante, o qual temos enfrentado em momentos de definição desde a temporada passada. Renovamos o grupo e seguimos trabalhando para encaixar cada vez mais nosso jogo. Confio em uma boa apresentação e em um resultado positivo diante do torcedor osasquense que, com certeza, vai lotar o ginásio para nos apoiar, dando show na arquibancada”, completa o técnico Luizomar.

Comentar