X Rally Team sobrevive à ‘quinta dos infernos’

0
29

Os 401 quilômetros cronometrados que trouxeram os competidores do Rally dos Sertões da Bahia ao Piauí foram os mais difíceis desta edição. Palavra dos próprios pilotos da equipe X Rally Team, que sobreviveram a uma verdadeira guerra – apesar dos “ferimentos” de seus carros, todos se salvaram.

“Muito quente, muito pesada, muito arenosa, com muita quebradeira. Por ser o complemento da etapa maratona, foi um verdadeiro inferno”, destacou Cristian Baumgart, terceiro nos tempos desta quinta-feira (23) depois de perder tempo com a troca de um pneu furado. A vitória ficou “em casa”: Sylvio de Barros e Rafael Capoani foram os mais rápidos do dia com o Ford Ranger número 315 e o tempo de 4h41min58s.

Sylvio, assim, tirou uma boa parte da diferença que o separa de Cristian na luta pela liderança geral no acumulado do Sertões. Na chegada a Barra (BA), a vantagem do atual bicampeão era de 13 minutos; hoje, voltou a oito minutos. “O que menos podíamos fazer hoje era arriscar: uma especial dificílima, muito quente, em que entramos com os carros praticamente sem manutenção de um dia para o outro. Uma prova de fogo para carros e pilotos”, acrescentou Baumgart.

Gunter Hinkelmann finalizou o difícil trecho de hoje na sexta posição depois de parar para ajudar Gareth Woolridge e Marcelo Haseyama, que sofreram uma quebra na suspensão após caírem em uma erosão. O sul-africano, que até então vinha liderando a especial, não completou a etapa. A equipe X Rally Team já trabalha no carro do piloto de 24 para que ele retorne à prova nesta sexta.

Marcos Baumgart e Kleber Cincea completaram a prova de hoje, mas a duras penas. A dupla da Ford Ranger V8 4×4 número 303 atingiu uma vaca na altura do quilômetro 173 da especial. Com o impacto, o carro teve um vazamento de óleo. A dupla fez os reparos necessários – além da troca de um pneu furado, pouco adiante – e fechou o dia na 11ª colocação no geral, quase duas horas atrás de Sylvio de Barros, o vencedor do dia.

A sexta-feira apresenta a penúltima das sete etapas do Rally dos Sertões. Os competidores deixarão a cidade de São Raimundo Nonato, no Piauí, e partem para Juazeiro do Norte, já em território cearense. A especial cronometrada terá 226 quilômetros de um total de 603.

Comentar