Santo André inclui conversa com psicóloga nas conferências on line

0
13

O Santo André/APABA/Caoa Chery instituiu em suas conferências online, uma conversa com a psicóloga Marcia Regina, que fará a Orientação Psicológica das atletas e comissão técnica durante o isolamento social, provocado pela pandemia do coronavírus. O contato inicial, que foi aprovado por todos, aconteceu na sexta-feira (24 de abril).

“Este foi o primeiro contato, ouvi as dificuldades que estão enfrentando e orientei. Ainda não foi um trabalho específico, o qual darei início na próxima sexta-feira (1º de maio). O trabalho de Orientação Psicológica tem como objetivo cuidar da saúde mental e emocional das atletas durante o isolamento e também com relação aos medos, depressão e ansiedade desencadeados pela COVID-19”, comentou Marcia Regina.

Para a técnica Arilza Coraça, o cuidado emocional é sempre importante e nesse momento é imprescindível.

“A Marcia Regina é uma profissional experiente e extremamente competente, que sempre está ao nosso lado, auxiliando bastante, por isso, neste momento difícil incluímos uma conversa semanal com ela em nossas reuniões online. A psicologia esportiva é uma área ainda pouco valorizada no Brasil, mas é de uma valia muito grande, especialmente num momento como esse”, analisou.

“É característica de um atleta a superação diária e, acompanhando nossas meninas, percebemos que a motivação e o estado de humor foram lá ‘no pé’, mesmo buscando inovação semana a semana. A ‘psicologia esportiva veio para cumprir seu papel que é fundamental. A Márcia Regina, é uma excelente profissional e respira basquete por longos anos e nos acompanhará semana a semana daqui para frente (tanto nossa comissão técnica quanto nossas atletas). Sendo assim, esse conjunto vai se tornar mais frutífero e podemos melhorar a motivação pelo treinamento em casa”, complementou a preparadora física Luciane Moscaleski.

Já a lateral Maíra Horford, considerou bastante proveitosa esta iniciativa. “Achei uma conversa muito legal e muito importante, pois ela nos mostrou um caminho para seguir nessa quarentena sem desanimar e para sempre seguirmos em frente. Ela falou o que nós podemos fazer para manter a cabeça boa nesse momento que estamos passando e acredito que tenha ajudado o time todo; sei que foi muito bom para mim. E, eu realmente vou seguir tudo o que ela me falou”, comentou.

 “Acho que foi muito bom e interessante. Isso nos ajudará muito a enfrentar melhor a quarentena e nos manter conectados. Eu gosto muito da ideia”, complementou a argentina Pag Gozales, também armadora do Santo André/APABA/Caoa Chery.

De acordo com Arilza, essa ação ocorrerá uma vez por semana (sexta-feira) durante o isolamento social, motivado pela pandemia do coronavírus.

“É uma situação diferente, nova e difícil para todos, por isso, é sempre importante dar esse suporte emocional as nossas jogadoras e comissão técnica”, finalizou Coraça. 

Foto: Divulgação

Comentar